Mais de 150 mil empregos vão ser destruídos este ano

Tendência de destruição do emprego mantém-se em 2013, tanto no sector público como no privado.

O Banco de Portugal espera que a economia portuguesa destrua equivalente a 153 mil empregos (3,3%), durante este ano, até conseguir atingir uma "relativa estabilidade" em 2014.

No Boletim Económico da Primavera, divulgado esta terça-feira, a instituição diz que esta continuação da destruição de emprego a um elevado ritmo deve acontecer após uma queda de 4,2% do emprego verificada durante o ano passado, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística.

A destruição de emprego este ano estende-se aos sectores privado e público, segundo a instituição, "em linha com a evolução esperada para a actividade económica e as hipóteses relativas às variáveis de finanças públicas".

No próximo ano, o Banco de Portugal antecipa "uma recuperação gradual do emprego no sector privado" e ainda "uma queda menos expressiva no sector público", partindo do pressuposto que a economia volta a crescer em 2014.

fonte:http://rr.sapo.pt/


publicado por adm às 23:10 | comentar | favorito