46% dos portugueses em part-time querem trabalhar mais horas

Quase metade dos portugueses que trabalham em part-time estão dispostos a fazer mais horas.

Ao todo, 46% dos trabalhadores a tempo parcial em Portugal estão numa situação de subemprego, segundo um estudo do Eurostat.

Isto significa que, pelo menos, 263 mil portugueses estão dispostos a fazer mais horas, além das atuais quatro horas diárias, em média, de um trabalho em part-time.

Desta forma, com o aumento de horas, os trabalhadores aumentariam o seu rendimento para levar um ordenado mais elevado para casa no final do mês.

Estes 263 mil trabalhadores portugueses que querem mais horas, correspondem a 5,9% do total da força laboral no país.

No final de 2013 existiam 631 mil trabalhadores a tempo parcial em Portugal, o equivalente a 12,9% do total de 5,4 milhões de portugueses empregados.

Comparando os dados nacionais com os europeus, é possível concluir que é nos países mais duramente atingidos pela crise que os trabalhadores estão dispostos a fazer mais horas.

O ranking é liderado pela Grécia, onde 72% dos trabalhadores em part-time revelaram que querem fazer mais horas. Segue-se o Chipre (59%), Espanha (57,4%) e depois Portugal (45,9%).

Pelo contrário, é nos países do norte da Europa que os trabalhadores em part-time estão dispostos a fazer menos horas. A Holanda lidera (4,2%), seguido do Luxemburgo (10,3%), República Checa (11,4%) e Dinamarca (11,7%).

Em Portugal, 12,9% da força de trabalho é constituída por trabalhadores em part-time.

Na Europa, o valor mais elevado regista-se na Holanda, onde metade da força laboral trabalha em part-time (50,7%). Segue-se o Reino Unido (26,6%) e a Áustria (26,4%).

Na União Europeia existem 216 milhões de pessoas empregadas e 26,2% sem emprego.

Entre as pessoas empregadas, 43,7 milhões trabalham em part-time, dos quais 9,9% milhões estão numa situação de sub-emprego, o equivalente a 23% do total de trabalhadores em part-time.

 

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/Ec

publicado por adm às 21:11 | comentar | favorito
tags: