Governo alerta potenciais emigrantes para menor oferta de trabalho na Europa

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas alertou esta sexta-feira para a diminuição de ofertas de trabalho na Europa, sobretudo em países marcados pela forte emigração portuguesa.

"Constato nos últimos meses um fenómeno novo: nos principais países de destino dos emigrantes portugueses começa a haver uma redução do número de oportunidades de trabalho", disse José Cesário à agência Lusa, referindo-se a Espanha, França, Reino Unido e Luxemburgo como "os casos mais evidentes".

Hoje verifica-se "um aumento de oportunidades fora da Europa, mas para onde é mais difícil ir", admitiu o governante à margem do "Encontro de Promotores Socioculturais das Comunidades Portuguesas", que teve hoje início e que se prolonga até domingo em Fátima.

A redução das ofertas de trabalho deve-se ao facto de "estar também a aumentar significativamente o desemprego nestes países europeus", justificou.

José Cesário reforçou a ideia de que continuam a manifestar-se casos de exploração laboral, "sobretudo na área do trabalho temporário" e sustentou que a estimativa de um crescimento de 15% nas remessas dos emigrantes este ano deve-se "ao aumento significativo da emigração, mas também à confiança na banca portuguesa".

O "Encontro dos Promotores Socioculturais das Comunidades Portuguesas" que se realiza em Fátima até domingo é promovido pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, em parceria com a Obra Católica Portuguesa de Migrações e a Cáritas Portuguesa.

fonte:http://www.jn.pt/

publicado por adm às 14:33 | comentar | favorito