Portugal continua a ter discriminação salarial - CITE

m Portugal continua a existir discriminação salarial, apesar dos progressos dos últimos anos, correspondendo os salários das mulheres em média a 82,2 por cento dos salários dos homens, disse hoje a presidente da CITE.

 

«A situação em Portugal está melhor que antes, tem havido francos progressos que têm a ver com a politicas públicas de combate à discriminação, mas ainda temos situações de discriminação que se revelam sobretudo ao nível da diferença salarial», afirmou à agência Lusa a presidente da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE).

Sandra Ribeiro defendeu que a discriminação salarial das mulheres têm de continuar a ser combatida e alertou para o risco da situação se gravar com a crise económica pois os Estados e os governos tedem a deixar de investir em politicas de combate às desigualdades e às discriminações.

Diário Digital / Lusa 

publicado por adm às 23:31 | favorito